O que é VPN, e porque eu preciso de uma?

*Última atualização em: 26/02/2021

Uma VPN, ou rede privada virtual, é um aplicativo que cria uma conexão segura entre o seu dispositivo e a Internet. Uma boa VPN criptografa seu tráfego da web, oculta seu endereço de IP e protege sua privacidade e segurança online. 

Com o roubo de dados, o bloqueio geográfico e a censura da Internet em ascensão, cada vez mais pessoas estão aderindo ao uso de uma Rede Privada Virtual (VPN) para se proteger.

Uma VPN permite que você oculte seu endereço IP, fique seguro em redes WiFi públicas e acesse sites restritos por região.

Infelizmente, nem toda VPN é confiável. Você precisa ter certeza que o serviço que você pretende escolher proteja o seu seu endereço de IP, não registre seus dados de navegação ou coloque você em risco de alguma forma. Usar uma VPN ruim é pior do que não usar nenhuma VPN.

Neste guia iremos contar tudo o que você precisa saber sobre VPN.

O que é VPN?

VPN é abreviação de Virtual Private Network (Rede Virtual Privada). VPN é uma ferramenta que protege sua conexão com a Internet, além de garantir seu anonimato online e desbloquear conteúdos geograficamente bloqueados. 

A VPN foi criada pelo engenheiro da Microsoft Gurdeep Singh-Paul em 1996 com o objetivo de criar um serviço onde as pessoas pudessem trabalhar de casa com segurança.

Com mais de um terço dos usuários da internet usando a VPN, atualmente este serviço não serve apenas para trabalho remoto, e sim, para a proteção de uma variedade de atividades online, como streaming, torrent, compras pela Internet e tantas outras.

A VPN executa duas funções principais:

1. Criptografa os dados que chegam e saem do seu dispositivo

A VPN usa criptografia para criar um túnel seguro entre o seu dispositivo (por exemplo, celular ou PC) e um servidor VPN. Seus dados são enviados por esse túnel até chegarem ao site ou aplicativo solicitado. 

O túnel criptografado evita que provedores de serviços de Internet (ISPs), governos e hackers vejam sua atividade online. Qualquer um que tentar monitorar sua atividade online verá nada mais do que uma sequência de letras e números indecifráveis.

2. Mudar o seu endereço IP

Um endereço IP (Protocolo de Internet) é o número de identificação exclusivo de cada conexão individual de Internet. Sua localização física e tudo o que você faz online estão vinculados ao IP. 

Com uma VPN, você pode mudar seu endereço de IP, ou seja, os sites que você visitar virão o IP do servidor VPN conectado e não o seu IP real.

Além de proteger os seus dados online, você pode desfrutar de outras vantagens ao ocultar o seu IP. Como evitar que os anunciantes enviem propaganda para você, prevenir que governos monitorem o que você faz na internet e desbloquear sites que não podem ser acessados no seu país.

Os provedores de VPN oferecem servidores localizados no mundo todo. A localização do servidor ao qual você se conecta determina a sua localização física em relação aos sites visitados e aplicativos usados.

Ao conectar com o servidor VPN de um determinado país você irá fazer com que os sites pensem que você está navegando, fazendo torrent ou streaming da uma cidade ou país do servidor selecionado.

Isso pode ser útil quando você for viajar para países como a China para contornar a censura ou desbloquear conteúdo com restrição geográfica, como a biblioteca da Netflix americana.

Conclusão

Uma VPN melhora sua privacidade e segurança, garante seu anonimato online, criptografa seu tráfego da Internet e muda seu endereço IP real. 

Veja as melhores VPNs de 2021.

E aí, o que você achou? Quer saber mais sobre VPN? Se sim, continue lendo este artigo.

Por que preciso de uma VPN?

A VPN protege sua privacidade, permite que você navegue com segurança em uma rede de Wi-Fi pública, acesse conteúdo bloqueado por geolocalização além de ocultar sua atividade online. 

Selecionamos as principais vantagens de usar uma VPN:

Proteja sua privacidade online

Sem uma VPN, o seu provedor de serviços de Internet (ISP) pode ver e registrar todos os sites que você visita. 

Com uma VPN, o tráfego da Internet é criptografado e isso torna muito mais difícil para governos, agências de inteligência e ISPs vigiarem sua atividade online. A menos que eles consigam descriptografar os seus dados.

As melhores VPNs utilizam criptografia de nível militar e isso torna uma missão quase impossível descriptografar os seus dados coletados por qualquer um que queira monitorar a sua atividade online.

Ignore a censura e desbloqueie conteúdos

Ao criptografar seu tráfego e mudar seu endereço IP, uma boa VPN irá esconder sua verdadeira identidade e a verdadeira localização quando você estiver viajando para países onde a censura é bem forte como o Grande Firewall da China. 

Contudo, você poderá então ignorar os bloqueios de sites e acessar o conteúdo censurado em sua região.

Segurança ao usar Wi-Fi público

Ao usar a conexão WiFi pública em um café, hotel ou aeroporto, você está colocando seus dados confidenciais em risco. 

As redes abertas e não criptografadas são a oportunidade perfeita para cibercriminosos roubarem dados importantes, como dados bancários, cartões de crédito, fotos e outras informações pessoais.

A VPN é a solução perfeita para te proteger desse tipo de ameaça, pois ela criptografa seus dados e, com isso, impossibilita hackers de obter seus dados pessoais. Por esse motivo, uma VPN confiável é indispensável quando você for viajar ou usar uma rede WiFi aberta.

Da mesma forma, redes Wifi domésticas desprotegidas também são um risco. Com grande parte do mundo em quarentena devido ao COVID-19 e muitas pessoas trabalhando em casa, os criminosos podem voltar sua atenção para redes domésticas vulneráveis.

Desbloquear conteúdo bloqueado geograficamente

Serviços de streaming como Netflix disponibiliza bibliotecas diferentes de acordo com a localização física do usuário. Se você acessar a Netflix americana, por exemplo, você obterá a biblioteca Netflix dos EUA, que tem muito mais conteúdo do que qualquer outro país.

Pare a limitação do ISP

Não é novidade para ninguém que os provedores de serviço de internet (ISP) monitoram sua atividade online. Você sabia que o seu ISP pode desacelerar a sua conexão? Isso é chamado de limitação da largura de banda. 

Normalmente, os ISPs restringem sua conexão caso você realize atividades que exigem muita largura de banda, como baixar arquivos grandes, fazer torrents ou durante jogos online e até mesmo por interesses comerciais para os usuários comprarem mais largura de banda.

A criptografia VPN pode impedir que os ISPs limitem sua conexão porque os impede de ver o que você está fazendo. Sem acesso à sua atividade, é mais difícil para eles saberem quando diminuir a velocidade de sua conexão. Isso significa que você pode desfrutar de altas velocidades de download, torrenting, jogos e streaming.

Torrent com segurança

A VPN pode te proteger quando você for fazer algum torrent, como você deve saber o seu IP fica visível para os pares e uma VPN é essencial para manter suas atividades P2P privadas. Veja as melhores VPNs para Torrents. 

Atenção: o download de material protegido por direitos autorais é crime e não apoiamos o download ou compartilhamento ilegal de qualquer material digital.

Criptografia VPN

Criptografia é o processo de transformar uma linha de dados de texto simples em um código indecifrável, que são descriptografados através de uma “chave” secreta e apenas os indivíduos ou máquinas que tiverem essa chave poderão decifrar o conteúdo. 

Uma criptografia VPN forte e atualizada é essencial para proteger sua privacidade online. Dois recursos fundamentais da criptografia VPN são os protocolos VPN e as cifras de criptografia.

Protocolos VPN

Os protocolos VPN são as regras e processos que um cliente VPN segue para estabelecer uma conexão segura entre o seu dispositivo e o servidor VPN. O protocolo VPN determina como seu túnel seguro é realmente formado. 

Dependendo do protocolo em uso, uma VPN pode ter velocidades, recursos ou mesmo vulnerabilidades diferentes. A maioria dos provedores de serviço permite que você escolha o protocolo que deseja usar.

Existem vários protocolos VPN disponíveis, mas nem todos são seguros para uso. Recomendamos usar um serviço com OpenVPN sempre que possível.

Os protocolos VPN mais comuns são:

  • OpenVPN: É de código aberto, muito seguro e compatível com quase todos os dispositivos com capacidade VPN e o mais recomendado.
  • IKEv2 / IPsec: usado junto com o IPsec, o IKEv2 é um protocolo VPN de código fechado mais recente. É seguro, rápido e lida com alterações de rede com facilidade. Ideal para celulares e tablets que frequentemente alternam entre Wi-Fi e dados móveis.
  • WireGuard: é um protocolo novo que vem sendo apoiado por muitos provedores de VPN. Ele é rápido, seguro e de fácil implementação do que outros protocolos.
  • L2TP / IPsec: Protocolo bem desatualizado e com algumas falhas de segurança.
  • SSTP: Protocolo VPN de fonte fechada. É propriedade da Microsoft e é baseado em SSL 3.0.
  • PPTP: Protocolo desatualizado e pode ser hackeado em questão de minutos.

Cifras de criptografia

Uma cifra é um algoritmo que criptografa e descriptografa dados. Enquanto um protocolo VPN cria o túnel VPN, uma cifra é o que mascara seus dados antes que eles passem pelo túnel. 

Criptografia é formada pelo tipo de cifra e comprimento de chave. De modo geral, quanto menor o comprimento da chave, menos segura é a criptografia. Por exemplo, AES-128 é uma cifra menos segura do que AES-256.

AES-256 é o padrão ouro atual para protocolos de criptografia VPN. AES é a cifra e 256 é o comprimento da chave

Advanced Encryption Standard (AES): AES é a cifra líder da indústria de VPN. Ela fornece criptografia de “nível militar” e é usada por vários governos.

Como funciona uma VPN?

  1. Escolher e conectar a um servidor VPN. Assine a melhor VPN de 2021!
  2. O endereço de IP do servidor VPN escolhido é conectado e a conexão é iniciada.
  3. Seu dispositivo e o servidor se comunicam e um túnel criptografado é criado pela VPN.
  4. Todo o seu tráfego de Internet é enviado através do túnel criptografado para o servidor VPN.
  5. O servidor descriptografa o tráfego e o encaminha para o site ou aplicativo desejado.
  6. Quando o site envia informações de volta ao seu dispositivo, elas são novamente enviadas por meio do servidor VPN.

As VPNs são legais no Brasil?

Sim, as VPNs são legais no Brasil. Porém fique atento qaundo você for viajar, porque, a VPN é ilegal em alguns países. 

As VPNs são ilegais na Bielo-Rússia, Iraque, Coreia do Norte e Turcomenistão.

O uso de VPN é fortemente restrito na China, Rússia, Irã, Turquia, Omã e Emirados Árabes Unidos (Emirados Árabes Unidos).

Em todos os outros países do mundo, o uso de VPN é perfeitamente legal.

Quanto custa uma VPN?

Um serviço VPN de alta qualidade normalmente custará cerca de US$10 por mês, se você pagar mensalmente. Mas isso pode cair consideravelmente se você assinar planos de longa duração.

O Surfshark, por exemplo, pode custar apenas US$2,49 por mês se você fizer uma assinatura de 2 anos. Veja nossa página de descontos ou o nosso blog post sobre as VPNs mais baratas de 2021. 

Também existem opções de VPNs gratuitas. Mas fique atento, porque o barato pode sair muito caro, embora estas VPNs não custem nada, muitas delas acabam vendendo seus dados para terceiros, colocando a sua privacidade e segurança em risco. 

Todas as VPNs são seguras?

Infelizmente, nem todas as VPNs são seguras de usar. Veja abaixo o que pode acontecer se você usar uma VPN ruim. 

  • Suas atividades de navegação podem ser registradas e monitoradas
  • Seus dados podem ser compartilhados com terceiros
  • Falha ao criptografar seu tráfego
  • Sua identidade pode ser revelada
  • Os seus dispositivos podem ser infectados com malware

 

Para te ajudar a escolher o melhor serviço de VPN, nós selecionamos alguns pontos que devem ser considerados:

Política de registro

Uma VPN segura não registra nenhum dado que possa vinculá-lo à sua atividade online e tornar isso explícito em sua política de registro. Certifique-se de ler a política de privacidade do seu provedor antes de confiar seus dados pessoais. 

As melhores VPNs têm uma política de zero-logs, o que significa que não registram:

  • Solicitações de DNS ou sites visitados
  • Seu endereço IP de origem
  • Endereço IP do servidor VPN
  • Uso individual de largura de banda

Tipo de criptografia

Um bom serviço de VPN precisa oferecer os níveis mais recentes e seguros de criptografia para proteger a privacidade e a segurança de seus usuários. O protocolo mais seguro é o OpenVPN e a criptografia mais forte é a AES-256. 

Além disso, o serviço escolhido deve oferecer alguns recursos extras de segurança, como por exemplo, kill switch, túnel dividido e ofuscação.

Jurisdição VPN

A sede de uma empresa VPN – também conhecida como sua jurisdição – pode ter um grande impacto na privacidade de seus dados pessoais. 

Idealmente, uma VPN deve ser baseada em um país com fortes leis de privacidade e neutralidade da rede. Algumas das melhores jurisdições VPN incluem Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Cayman, Panamá e Seychelles.

Vazamentos de IP, DNS e WebRTC

Os serviços VPN de baixa qualidade podem vazar suas informações pessoais para terceiros, mesmo sem você saber. Isso pode incluir sua localização, seu endereço IP, os sites que você visita e muito mais. 

Existem quatro tipos de vazamento a serem observados:

  • Vazamentos de IP: Isso acontece quando sua VPN não consegue mascarar seu endereço IP com o IP do servidor escolhido.
  • Vazamentos de DNS: Isso acontece quando a VPN direciona a sua solicitação DNS fora do túnel criptografado.
  • Vazamentos WebRTC: WebRTC é uma tecnologia baseada em navegador que permite que áudio e vídeo funcionem dentro de páginas da web. O vazamento acontece quando o WebRTC descobre o seu verdadeiro endereço de IP.
  • Vazamentos de IPv6: IPv6 é um novo formato de endereços IP, e nem todas as VPNs suportam esse tipo de formato.

Em quais dispositivos você pode usar uma VPN?

As melhores VPNs do mercado são compatíveis com todos os principais dispositivos e navegadores disponíveis no mercado.

Você poderá usar a VPN em um computador Windows, Mac, smartphones Android e Apple, além de usar em dispositivos de streaming como Kodi, IPTV e consoles de jogos. 

Além dos dispositivos compatíveis você também deve considerar quantos dispositivos podem ser usados simultaneamente.

A maioria dos serviços impõe um limite no número de dispositivos que podem se conectar à VPN simultaneamente.

Para proteger um número maior de dispositivos permitidos, você poderá instalar a VPN em seu roteador ou considerar a Surfshark que garante um número ilimitado de conexões simultâneas.

Qual é a velocidade da VPN?

A velocidade da conexão é muito importante, especialmente se você usar a VPN para fazer streaming, torrent ou jogos de console.

Embora uma VPN diminua um pouco as velocidades normais de internet, os melhores serviços são tão rápidos que você nem notará. A VPN mais rápida em nossos testes é a ExpressVPN.

Qual é o tamanho da rede de servidores VPN?

O tamanho da rede de servidores irá variar de acordo com a VPN, porém, antes de assinar um serviço de VPN, vale a pena verificar se a empresa escolhida possui servidores no país de interesse e o número de servidores disponíveis no país. Por exemplo, para acessar a Netflix americana, você precisará de uma VPN com servidores nos EUA.

O que uma VPN faz?

A VPN cria uma conexão segura entre o seu dispositivo e a Internet. O serviço envia os seus dados por meio de um túnel criptografado até o site ou aplicativo solicitado. 

Quando você usa uma VPN, ela muda seu endereço IP e permite que você:

  1. Ocultar sua identidade e atividade dos anunciantes
  2. Ignore a censura da Internet e bloqueios de IP
  3. Fique seguro em redes WiFi públicas
  4. Pare a limitação do ISP
  5. Use torrent com segurança
  6. Acesse sites de streaming restritos por região e desbloqueie bibliotecas como da Netflix americana
  7. Impedir que hackers espionem suas informações pessoais

 

Usar uma VPN é uma das melhores maneiras de garantir sua privacidade, segurança e liberdade online.

Como configurar uma VPN

Existem várias formas de configurar uma VPN e o processo será diferente para cada dispositivo. O método mais fácil e comum é baixar um aplicativo personalizado diretamente do provedor de serviços escolhido. 

As melhores VPNs disponibilizam aplicativos personalizados para Windows, MacOS, Android e iOS,além de também oferecem aplicativos nativos para roteadores e dispositivos de streaming, como o Amazon Fire TV Stick.

Abaixo iremos mostrar como instalar uma VPN usando um aplicativo personalizado:

Compre uma assinatura VPN no site do seu provedor e verifique sua conta por e-mail.

Usaremos ExpressVPN como exemplo.

Como instalar a VPN no PC

  1. Faça o cadastro na ExpressVPN. 
  2. Clique em windows para baixar o aplicativo
  3. Clique para fazer o login e coloque o código de ativação
  4. Escolha as suas preferências.
  5. Agora que a instalação foi concluída, basta você escolher o servidor para mudar o seu IP.

Como instalar a VPN no celular

  1. Faça o cadastro na ExpressVPN. 
  2. Baixe o app no seu celular pela Apple Store ou Google Play.
  3. Faça o login com as informações que você cadastrou.
  4. Agora que a instalação foi concluída, basta você escolher o servidor para mudar o seu IP.

Existem desvantagens em usar uma VPN?

Embora uma boa VPN seja uma ferramenta essencial para todos os usuários da Internet, ela não pode fazer tudo. É importante estar ciente do que uma VPN não fará, bem como alguns dos perigos associados ao uso de uma VPN: 

Velocidades de conexão mais lentas – A perda de velocidade pode acontecer por causa da criptografia de dados, porém com as melhores VPNs a perda de velocidade é tão pequena que você nem irá perceber. Você também pode escolher servidores mais próximos para melhorar a performance.

Você não é totalmente anônimo com uma VPN- Embora a VPN proteja sua privacidade de terceiro, o próprio provedor de VPN pode ter acesso a tudo que você faz na internet. Por isso é super importante escolher VPNs que confiáveis que não registram as atividades de seus usuários.

Sites que bloqueiam VPNs- Sites e serviços, como o Netflix, estão cada vez melhores em identificar endereços de IP conectados com servidores VPN e tem como objetivo bloquear o acesso do site destes IPs. Veja qual é a melhor VPN para Netflix.

Suas contas online podem ficar temporariamente suspensas- Ao navegar com um endereço IP estrangeiro, contas online, como internet banking, podem registrar uma violação de segurança e suspender temporariamente sua conta como medida de segurança.

As VPNs tornam a Internet mais lenta?

Todas as VPNs diminuirão a velocidade da sua internet em algum grau. Com as melhores VPNs, no entanto, o impacto é quase que imperceptível. 

Para maximizar as velocidades da VPN, você pode escolher um servidor VPN mais próximo de sua localização física ou alterar o protocolo VPN. Os protocolos mais rápidos incluem IKEv2 ou WireGuard.

Artigos relacionados: